Publicidade
Idmed
Emergência
Prontuário online

O seu prontuário eletrônico

Um serviço totalmente gratuito que armazena o seu prontuário médico na internet. É possível armazenar medicamentos habituais, vacinas aplicadas, cirurgias realizadas, alergias, doenças e outros dados ligados à saúde, além do contato dos familiares em caso de emergências.

Última atualização: 25/07/14
Facebook Idmed Twitter Idmed
Saúde de
A a Z
A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z

PDF
Imprimir
E-mail
Escrito por Dr. Rogério Vitiver
Qui, 29 de Julho de 2010 13:28

Anejaculação

A anejaculação – ausência de orgasmo – é pouco conhecida. Os outros distúrbios são muito mais comuns, por exemplo, a ejaculação precoce, que é algo que atinge 50 a 60% dos homens em algum período da vida. Logo, por ser menos frequente, a anejaculação é um tema menos abordado. E é algo que causa uma ansiedade muito grande, porque há aquela cobrança social com respeito a desempenho e a orgasmo masculino.

A faixa etária atingida pela anejaculação é ampla. Podem sofrer do problema homens entre 20 e 65 anos. Alguns casos são primários, manifestam-se desde o início da vida sexual. Muitos homens, na adolescência, têm seus primeiros orgasmos através da masturbação. Na prática, podem apertar excessivamente o pênis com as mãos no intuito de atingir rapidamente o clímax, e isso pode dificultar o orgasmo com a pressão mais leve exercida pelas paredes vaginais. Já os casos secundários iniciam-se após alguma intercorrência física ou psíquica na vida adulta.

(Página 1 de 3)
«InícioAnterior123PróximoFim»



Matérias relacionadas


Mais acessadas desta seção



Publicidade 

Assine nossa newsletter

Nome
Email


Matérias mais acessadas do mês



© Copyright 2007 - 2014, Idmed - Patente requerida. Este programa de computador está protegido pela Lei de Direitos Autorais. O Idmed não fornece conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. A informação presente em www.idmed.com.br pretende complementar, e não substituir, a relação existente entre o doente / visitante do site e o seu médico. Sentindo qualquer sintoma procure imediatamente o seu médico ou posto de saúde mais próximo. Leia mais.