Índice deste artigo:

Sobre os caroços

 

A mulher percebeu um caroço na vagina. É motivo para grande preocupação?

Não. É motivo para investigação, já que não é normal.

 

O que pode significar o aparecimento desses caroços?

Pode ser uma linfadenomegalia, um cisto glandular, como o de Bartholin, algum tipo de tumor ou até uma verruga, dependendo do local que surja.

 

Pode aparecer algo além dos caroços?

Febre, dor no corpo, mal-estar, corrimento. Também pode haver dor e edema da região, dependendo do caso.

 

Que doenças podem provocar o aparecimento dos caroços?

Linfoma, linfogranuloma venéreo e qualquer infecção que provoque linfadenomegalia (os caroços serão na virilha), bartolinite (caroço na vulva) e verrugas vulvares que podem ser identificadas como caroços são as principais doenças.

 

Quais os exames realizados para descobrir as causas dos caroços?

Exame clínico, biópsia e cultura do material.

 

Como é feito o tratamento? Apenas com medicação?

Pode ser com antibiótico, antirretroviral, quimioterápicos e às vezes cirúrgico, dependendo da situação.

 

Como fazer a prevenção?

A melhor maneira de prevenir é fazer consultas e exames regulares no ginecologista. Das infecções vulvares que se apresentem com nodulações, a melhor prevenção ainda é a camisinha.

 

O autoexame pode ajudar a descobrir o problema? Como ele deve ser feito?

Deve ser usado um espelhinho e o dedo, mas a mulher tem que conhecer o próprio corpo e ter o hábito de se olhar e se tocar para poder perceber qualquer diferença.

 

 

Dra. Maria Luiza Campos – CRM/GO 12498 – é médica ginecologista com especialização em Climatério, Ginecologia Endócrina e Infantopuberal pela UNIFESP. Titulada pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia e é a autora do blog http://dramarialuiza.blogspot.com.

Publicidade

Calcule seu IMC