Publicidade
Idmed
Emergência
Prontuário online

O seu prontuário eletrônico

Um serviço totalmente gratuito que armazena o seu prontuário médico na internet. É possível armazenar medicamentos habituais, vacinas aplicadas, cirurgias realizadas, alergias, doenças e outros dados ligados à saúde, além do contato dos familiares em caso de emergências.

Última atualização: 19/04/14
Facebook Idmed Twitter Idmed
Saúde de
A a Z
A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z

PDF
Imprimir
E-mail
Escrito por Dra. Maria Luiza Campos
Qui, 28 de Julho de 2011 12:14

caroços e feridas vaginaisSobre as feridas

 

O que pode provocar uma ferida na vagina?

Normalmente é causada por uma infecção bacteriana ou viral: herpes vírus, foliculite, sífilis, donovanose.

Há risco de transmissão de doenças com uma ferida não tratada? Quais?

Sim. A própria ferida já pode se tratar de uma doença sexualmente transmissível ou o aumento da população bacteriana do local da ferida pode ir carreando outras infecções.

 Pomadas resolvem o problema? Qual é o tratamento mais indicado?

Poucas vezes o tratamento será local. Normalmente o indicado é antibiótico oral.

 A presença de feridas pode significar a presença de alguma doença (além das DSTs)?

Se for crônica e refratária, pode sugerir até um câncer vulvar. Também pode ser uma micose, uma distrofia ou uma reação alérgica.

 Algum fator 'externo' pode causar uma ferida?

Sim. Traumas, durante o ato sexual, por exemplo, também podem provocar feridas.

 

(Página 1 de 2)
«InícioAnterior12PróximoFim»



Matérias relacionadas


Mais acessadas desta seção



Publicidade 

Assine nossa newsletter

Nome
Email


Matérias mais acessadas do mês



© Copyright 2007 - 2014, Idmed - Patente requerida. Este programa de computador está protegido pela Lei de Direitos Autorais. O Idmed não fornece conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. A informação presente em www.idmed.com.br pretende complementar, e não substituir, a relação existente entre o doente / visitante do site e o seu médico. Sentindo qualquer sintoma procure imediatamente o seu médico ou posto de saúde mais próximo. Leia mais.