Publicidade
Idmed
Emergência
Prontuário online

O seu prontuário eletrônico

Um serviço totalmente gratuito que armazena o seu prontuário médico na internet. É possível armazenar medicamentos habituais, vacinas aplicadas, cirurgias realizadas, alergias, doenças e outros dados ligados à saúde, além do contato dos familiares em caso de emergências.

Última atualização: 31/07/14
Facebook Idmed Twitter Idmed
Saúde de
A a Z
A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z

PDF
Imprimir
E-mail
Escrito por Dra. Maria Regina Domingues de Azevedo
Qui, 08 de Março de 2012 16:56

Menarca: um momento de emoção e dúvidas para a menina

A primeira menstruação, denominada menarca, pode acontecer em idades diversas, sendo influenciada por diferentes fatores. Saiba quais são eles e como é possível lidar com a situação da melhor maneira com as orientações da Dra. Maria Regina Domingues de Azevedo, psicóloga especialista em adolescência, sexualidade humana e psicologia social.


O que é a menarca e quando ela costuma acontecer?

Menarca é a denominação da 1ª. menstruação da menina, que ocorre em média, no Brasil, aos 12 anos. Tanto pelas perspectivas sociais quanto médicas e psicológicas, a primeira menstruação é frequentemente considerada um evento central da puberdade feminina, e sinaliza a possibilidade de fertilidade.

Garotas experimentam a menarca, ou primeira menstruação, em idades variadas. A idade da primeira menstruação é influenciada pela biologia feminina, assim como por fatores genéticos e ambientais, especialmente os nutricionais. A idade média da primeira menstruação tem declinado no último século, mas a razão dessa diminuição ainda é objeto de controvérsia. A idade da primeira menstruação costuma ser entre 11 e 13 anos. Quando a menarca ocorre antes dos 9/10 anos é considerada precoce, e após os 16 anos, tardia.

 

Quais costumam ser as reações mais comuns nesse caso?

Ao longo da vida a mulher menstrua entre 300 e 500 vezes, mas a primeira menstruação, a menarca, ainda é cercada de emoção, ansiedade e muitas dúvidas.

Por mais que a tecnologia tenha facilitado o acesso a um maior número de informações dos mais diferentes temas, parece que as questões que estão vinculadas à sexualidade ainda são envoltas em certo manto de "receio" ou "vergonha". Às vezes, parece que falar do tema quando diz respeito às outras pessoas é simples, mas quando se trata de si mesma se torna mais complexo. Desta forma, ainda existem muitas mães e/ou famílias que não abordam o assunto; outras que falam superficialmente; e poucas orientam de fato, explicando com detalhes o tema. O que se observa com frequência são as meninas buscando informações com seus pares, que sabem tão pouco quanto elas ou, pior, possuem noções totalmente errôneas e equivocadas.

(Página 1 de 3)
«InícioAnterior123PróximoFim»



Matérias relacionadas


Mais acessadas desta seção



Publicidade 

Assine nossa newsletter

Nome
Email


Matérias mais acessadas do mês



© Copyright 2007 - 2014, Idmed - Patente requerida. Este programa de computador está protegido pela Lei de Direitos Autorais. O Idmed não fornece conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. A informação presente em www.idmed.com.br pretende complementar, e não substituir, a relação existente entre o doente / visitante do site e o seu médico. Sentindo qualquer sintoma procure imediatamente o seu médico ou posto de saúde mais próximo. Leia mais.