Publicidade
Idmed
Emergência
Prontuário online

O seu prontuário eletrônico

Um serviço totalmente gratuito que armazena o seu prontuário médico na internet. É possível armazenar medicamentos habituais, vacinas aplicadas, cirurgias realizadas, alergias, doenças e outros dados ligados à saúde, além do contato dos familiares em caso de emergências.

Última atualização: 29/07/14
Facebook Idmed Twitter Idmed
Saúde de
A a Z
A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z

PDF
Imprimir
E-mail
Escrito por Débora Cristina Coraça-Huber
Qua, 29 de Setembro de 2010 13:11

Como ela surge?

Após a infecção do tecido ósseo por um agente bacteriano, fúngico ou viral, o sistema imune iniciará um processo de combate dessa infecção enviando células de defesa, ou neutrófilos, ao local. Os neutrófilos irão, nesse caso, eliminar o agente infectante. Algumas vezes, porém, os neutrófilos não são capazes de eliminar todas as bactérias ou agentes infectantes, morrendo no local. A presença de neutrófilos mortos e bactérias produz uma substância conhecida como pus. A presença de pus no canal medular, juntamente com bactérias remanescentes, produz abscessos. Abscessos são bolsas que contêm pus, tecidos e bactérias no interior do osso. Se o tratamento antibiótico for efetivo a ponto de eliminar todos os focos de infecção, o abscesso não se formará. No entanto, muitas vezes ocorre resistência das bactérias aos antibióticos e os abscessos se formam e persistem a tratamentos. Na osteomielite crônica, os abscessos bloqueiam o suplemento sanguíneo intraósseo, levando, eventualmente, à morte do tecido ósseo, ou necrose.

 

Como ocorre a osteomielite crônica?

Na osteomielite crônica o processo inflamatório, ou seja, a ativação dos mecanismos de defesa teciduais contra o agente infectante (bactéria, vírus, fungos) ocorre aproximadamente depois de dois meses ou mais após uma infecção inicial. Em um primeiro momento ocorre a infecção por microorganismos e uma inflamação primária (aguda) pode ocorrer (dias a semanas). Se o microorganismo não for eliminado pela inflamação aguda, ele persiste no tecido. Se isso ocorrer, esse agente pode continuar ativo provocando então o que é chamado de inflamação crônica (ou seja, longa, que pode durar meses para se resolver). Na inflamação crônica, neste caso osteomielite crônica, ocorre a tentativa constante de eliminação do microorganismo pelo tecido onde células de defesa produzem citosinas. Estas citosinas são úteis para eliminar o agente infectante mas também pode causar dano tecidual, fibrose e no caso até necrose óssea.

(Página 2 de 4)
«InícioAnterior1234PróximoFim»




Publicidade 

Assine nossa newsletter

Nome
Email


Matérias mais acessadas do mês



© Copyright 2007 - 2014, Idmed - Patente requerida. Este programa de computador está protegido pela Lei de Direitos Autorais. O Idmed não fornece conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. A informação presente em www.idmed.com.br pretende complementar, e não substituir, a relação existente entre o doente / visitante do site e o seu médico. Sentindo qualquer sintoma procure imediatamente o seu médico ou posto de saúde mais próximo. Leia mais.