Índice deste artigo:

Deficiência auditivaO que as pessoas imaginam sobre as pessoas surdas

 

São mudas

Não é correto dizer que alguém é surdo-mudo. As pessoas surdas apresentam condições físicas e fisiológicas necessárias para falar. Algumas não falam porque não foram ensinadas, outras porque acham que a língua de sinais não favorece a efetivação e a agilidade na comunicação, e outras, ainda, por opção.

 

São muito nervosas

Na utilização de gestos, a ênfase na expressão facial, o esforço para falar e a ausência do feedback auditivo (não escutam os sons que emitem) fazem com que os ouvintes imaginem que os surdos estão “nervosos”. Na realidade, estão somente se comunicando ou tentando se comunicar. Ser nervoso não é uma característica da surdez.

 

Não escutam nada ou escutam quando querem

Todo surdo pode escutar algum tipo de som. A maioria ouve sons de forte intensidade e graves (trovão, batida de porta). Assim como a visão, a audição também se efetiva em graus. Alguns surdos conseguem ouvir a voz e escutar a fala ao telefone. A impressão de que às vezes o surdo responde a sons e outras não, fazendo com que o ouvinte pense que “escutam quando querem”, deve-se a alguns fatores: a distância da emissão do som, a frequência da voz da pessoa que fala, o tipo de som (grave/agudo), a intensidade do som (forte/fraco) e também o nível de atenção do surdo ao som emitido.

Publicidade

Calcule seu IMC