Índice deste artigo:

Aplicação de enzimas pode reduzir peso e combater as gorduras localizadasEmagrecimento, perda de peso, gordurinhas localizadas... esses itens podem ser listados como constantes preocupações na vida das mulheres. Sabendo disso, a indústria da beleza não economiza em novidades. Um dos tratamentos que têm feito muito sucesso entre as brasileiras é a aplicação de enzimas.

O método é eficaz na perda das gorduras localizadas, porém proporciona alguns efeitos colaterais incômodos, além de ser doloroso. Pensa que para ficar bonita é fácil?

Antes que possa parecer uma forma fácil de emagrecer, é importante ressaltar que, caso haja uma alimentação supercalórica durante o tratamento, novos depósitos de gordura serão criados. Resumindo: mantenha uma alimentação saudável e também faça exercícios físicos. Conheça mais sobre o tratamento.

 

Em que consiste a aplicação de enzimas?

Há dois tipos de aplicações feitas com enzimas. Uma é direcionada à gordura localizada e é aplicada no tecido subcutâneo. Essa aplicação serve para a redução de medidas. E a outra aplicação é a intramuscular, para redução de peso geral. As duas são feitas com agulhas, por isso são chamadas de mesoterapia.

 

O tratamento com aplicação de enzimas pode ser igualmente chamado de mesoterapia?

Sim, porque tudo que é meso usa agulha. As duas usam agulha. A diferença é que em uma acontece a perda de peso geral e na outra ocorre a perda localizada. As enzimas utilizadas para aplicação no tecido subcutâneo são direcionadas à gordura localizada, não servem para emagrecer. Já as enzimas utilizadas para aplicação intramuscular são destinadas ao emagrecimento por inteiro, é a perda de peso geral.

Publicidade

Calcule seu IMC