Índice deste artigo:

bebendo-leite

Você já ouviu falar em probióticos? Esses microrganismos vivos, presentes em alguns lácteos que encontramos nos supermercados, são responsáveis pela promoção de vários benefícios à saúde, entre eles o combate a patógenos intestinais, e deveriam ser consumidos diariamente.

"De acordo com a Food and Agriculture Organization of the United States / World Health Organization, os probióticos são microrganismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefícios à saúde do hospedeiro. Essa definição é aceita internacionalmente", explica a nutricionista Adriane Antunes.

Dessa forma, alimentos probióticos são produtos que contêm essas referidas culturas microbianas, que precisam estar ativas no produto durante todo o período de validade do alimento e em quantidades suficientes para promover efeito benéfico à saúde.

Mas, afinal, como esses microrganismos atuam no nosso corpo? Quando ingerimos produtos contendo probióticos, geralmente os componentes dos alimentos, tais como proteínas e gorduras, agem de forma protetora da cultura microbiana. Isso porque, durante a digestão, a liberação de ácido clorídrico no estômago e sais biliares no duodeno tem não apenas a função de digerir alimentos, mas também de reduzir drasticamente o número de microrganismos presentes, sejam eles desejáveis (como os probióticos) ou indesejáveis (como patógenos).

Publicidade

Calcule seu IMC